Geraldo Alckmin NÃO teve participação nas fraudes em compras de merenda

As notícias sobre o envolvimento de Geraldo Alckmin na fraude da merenda não passam de mentiras, entenda o caso

Compartilhe  

Ao contrário do que alguns usuários afirmam em redes sociais, o ex-governador Geraldo Alckmin jamais teve qualquer relação com as fraudes na compra de refeição de escolas, esquema que ficou conhecido como “Máfia da Merenda”.

O ex-governador Geraldo Alckmin e o governo do estado de São Paulo foram vítimas neste caso. A Coaf (Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar) fingia comprar alimentos de pequenos agricultores, quando na verdade os produtos eram comprados de grandes fornecedores. Outras duas cooperativas foram acusadas de terem formado cartel em conluio com a Coaf para vencer licitações.

Investigações da fraude da merenda não apontam para Geraldo Alckmin

Em nenhum momento das investigações o nome de Geraldo Alckmin esteve entre os acusados. É importante também ressaltar que os crimes cometidos não alteraram a qualidade e a distribuição da refeição recebida pelas crianças da rede estadual.

As investigações foram realizadas com empenho pela Polícia Civil, e uma Comissão de Parlamentar de Inquérito foi aberta na Assembleia Legislativa para apurar o caso. Vinte pessoas foram responsabilizadas pela CPI. O governo de SP apoiou também investigações no âmbito federal, já que a maior parte das verbas envolvidas eram da União.

Confira trecho de entrevista ao programa de Mariana Godoy na RedeTV! no qual Alckmin esclarece este caso.

Não deixe que as mentiras sobre Geraldo Alckmin sejam consideradas verdadeiras por pessoas distraídas, colabore no combate às fake news.

Notícias em destaque