Carreira Política

Antes de ser governador de São Paulo exerci outros cargos eletivos. Quero usar essa experiência para construirmos juntos um futuro melhor para o nosso país.

Antes de governar São Paulo eu já havia construído uma carreira política em outras instituições públicas do nosso país. Na minha primeira candidatura, em 1972, fui eleito vereador pelos meus conterrâneos de Pinda com quase 10% dos votos da cidade. Na época eu tinha 19 anos.

Logo nos dois primeiros anos de mandato, em 1973 e 1974, presidi a Câmara Municipal da minha cidade. Ao final desse período, disputei a primeira eleição majoritária e fui eleito prefeito de Pinda aos 24 anos.

Carreira Política

Na eleição para deputado estadual, em 1982, a primeira que enfrentei fora dos limites de Pindamonhangaba, tive a honra de receber 80% dos votos da minha cidade natal.

Nas duas últimas vezes em que apresentei meu nome e meu trabalho ao julgamento dos paulistas, fui eleito e reeleito no primeiro turno das eleições para o governo de São Paulo em 2010 e 2014.

Os números são resultado de anos de trabalho determinado e de profundo respeito às pessoas e ao bem público. Durante os mandatos de vereador e prefeito, também estudei e exerci a medicina. Era comum, por exemplo, um cidadão aproveitar uma audiência na prefeitura para fazer uma rápida consulta.

Quando eu atendia no hospital da cidade, também não foram poucas as vezes em que um paciente usou parte da consulta para fazer sugestões ou reclamações da prefeitura.

Carreira Política

Com essa experiência aprendi o quanto é importante e decisivo o prefeito fiscalizar as obras e serviços públicos pessoalmente. E eu fazia isso independentemente do horário. Naquela época, eu também já me preocupava com a transparência do governo, e cheguei a publicar prestações de contas com informações detalhadas sobre as metas e realizações da nossa gestão.

Essa relação aberta com a população me permitiu compreender melhor as necessidades das pessoas e a definir as prioridades do governo. Em contrapartida, criei uma relação de confiança com os moradores da cidade.

Adotei a mesma postura na Assembléia Legislativa e participei dos debates mais importantes e difíceis do parlamento, especialmente nas questões relacionadas ao interior.

Carreira Política

No meu primeiro mandato como deputado federal assumi a vice-liderança da bancada do PMDB na Assembléia Nacional Constituinte. Durante todo esse período atuei ao lado de lideranças consagradas e aprendi muito sobre política, democracia e gestão pública.

Na elaboração da Constituição Cidadã de 1988 defendi, entre outros temas, o voto a partir dos 16 anos, a reforma agrária e a empresa nacional. E fui contra a proposta de tabelamento de juros, por exemplo.

No dois mandatos em Brasília ainda apresentei 87 projetos de lei. Um dos mais importantes foi o que inspirou a criação do Código de Defesa do Consumidor, no qual busquei aliar as ideias mais modernas sobre a defesa do consumidor existentes nos países democráticos e economicamente mais avançados. Como consequência desse trabalho, e de outros que se somaram no decorrer do tempo, nosso país tem hoje uma das legislações mais avançadas sobre o tema.

Carreira Política

Além dessa proposta, meu trabalho teve como foco principal as áreas da saúde e da previdência. Na Câmara dos Deputados, também integrei a Comissão de Ordem Social e a Subcomissão de Saúde, Seguridade e do Meio Ambiente.

Foi essa experiência que me credenciou a ser candidato a vice-governador de Mário Covas, em 1994 e em 1998. Sinto imenso orgulho dessa parceria que recuperou o Estado de São Paulo. Quando assumimos, no início dos  anos 90, não havia dinheiro nem para pagar os servidores públicos. Mas com muito empenho conseguimos resgatar a saúde financeira do governo. E São Paulo voltou a ter a economia mais estável do nosso país, mesmo em tempos de crise.